Natal - Periódico ou Temporário?

Já escrevi certa vez analisando o sentimento natalino que envolve as pessoas. Elas se abraçam, presenteiam-se, visitam-se e até se perdoam. Analisando melhor, veio a pergunta: por quanto tempo dura esse sentimento?  Parece-me que apenas três meses, isto é: de novembro a janeiro. Pois é! Depois volta tudo ao que chamamos de normal e já nos preparamos até para novas comemorações.

Imaginemos se o nosso Deus nos abençoasse apenas temporariamente! Vamos refletir um pouco: o ar privilegiado que respiramos e nos chamam – o nosso Brasil – até de “pulmão do mundo;” o sol que nos ilumina e nos aquece, todos os dias, entre outras bênçãos dispensadas entre bons e os maus, entre justos e injustos. Podemos até falar das bênçãos particulares que tanto recebemos.

Na palavra de Deus encontramos uma afirmação: “Eis que estou convosco todos os dias até a consumação dos séculos.”  Jesus, Ele próprio fazendo essa afirmação, que Ele estaria conosco todos os dias.

Não vamos ser melhores apenas no período natalino, vamos ser melhores todos os dias, todos os anos. Foi para isso que fomos criados, porque somos a imagem e a semelhança de Deus. Não somos iguais a Ele, nem poderíamos ser. Porém vamos imitá-lo, no seu atributo moral, especialmente na parte referente ao amor, como afirma João 3:16: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”

 Foi no cumprimento dessa promessa que recebemos o Jesus menino nascido em Belém.  Amar o semelhante é a mais alta virtude cristã. Celebração do Natal não tem sentido se Jesus não participar dessa festa. Ele é o aniversariante, Ele é a razão de toda alegria, devemos nos gloriar Nele, porque Ele veio buscar e salvar o que se havia perdido.

Encerro aqui desejando o prolongamento desse amor fraternal e desejando a toda família P.R.F. e a todos os amigos: 

UM FELIZ NATAL E UM PRÓSPERO ANO NOVO

Texto: José Maria Jácome – Rep. SINIPRF-BRASIL – RN
Inspetor Acir da Fonseca Dantas
Diretor de Divulgação e Comunicação do SINIPRF-BRASIL

Imprimir