• Internas

Salve! Salve! Polícia Rodoviária Federal!...

Em tese, nos dias 23 e 24 de julho – dia do Policial Rodoviário Federal e da Polícia Rodoviária Federal respectivamente – a administração e parte dos membros da Polícia Rodoviária Federal, que não conhecem a história, estão comemorando 88 anos da instituição, como se fosse a única data importante.

Realmente, se contarmos a idade da velha PRF, do Turquinho, e somarmos com a idade da nova PRF, que ajudamos a construir, estaremos comemorando 88 anos, ou talvez um pouco mais, pois há divergências.

Mas, caros amigos, na real, a nova PRF completará 28 anos em outubro próximo, ou poderíamos dizer que já completou em abril passado, época em  que foi aprovada a emenda constitucional do saudoso Deputado Constituinte Ivo Cersósimo, gravando com letras garrafais o nome da instituição como órgão de Segurança Pública na Constituição Federal do País (art. 144), cujo parlamentar inscreveu de forma indelével seu nome na história da PRF, e brilhantemente representou o povo de Mato Grosso do Sul na Assembléia Nacional Constituinte, sem, no entanto, sequer ser lembrado pelos atuais administradores e muito menos pelos atuais representantes classistas do sistema federativo existente, que também ajudamos a criar.

Assim, ilustres amigos, devemos repensar as datas importantes da PRF e destacar os vultos históricos da instituição, sob pena de continuarmos contando para as gerações atuais e futuras apenas e tão somente a velha lenda histórica da patrulha da antiga "firma".

Apesar dos 88 anos ainda resta muito a aprender!...

Para os conscientes da família PRF, PARABÉNS!, Para aqueles que, por quaisquer motivos que não interessam a nobre Instituição, teimam em não aprender ou entender, cabe o nosso lamento.

Sempre disse aos que aqui chegavam: se não puder amá-la, deixe-a!  Amor pela PRF, só sabe quem a deixou perfurar suas veias e misturá-la em seu sangue. Os que assim o fizeram construíram está magnífica obra, tijolo por tijolo, pessoas que eu tive o prazer de conhecer ou saber.

Tenho saudades do tempo que recortava papelão para forrar sapatos furados, a fim de proteger os pés daqueles que iriam à Brasília e pisariam, com certeza, em guimbas de cigarro (isto não é piada), abandonando suas famílias, afetos a todo tipo de sorte para este Departamento, cobiçado pelos... (que cada um os denominem) crescer, ficar gigante!... 
`
Gigante DPRF!... Era uma simples Divisão no DNER. Hoje estamos na terra, na água e no ar. Somos a Polícia Completa, vejam: somos Defesa Civil, somos Bombeiro, somos perícia, somos PMs, somos Federal e somos de certa forma a Polícia Civil, lógico, dentro da nossa área de atuação.

Somos ou não somos a mais forte?... Só falta a conscientização de muitos, que ficam querendo ser outras Polícias e desprezam o tesouro que têm. As outras sabem, por isso vivem correndo para tirar o que temos.  Amor e Orgulho eterno a esta Instituição, independente de pessoas e coisas, porque um dia eu a deixei perfurar minhas veias!...  Inspetora, sempre, FATIMA, da PRF, isso é orgulho, sem vaidade!...

Texto: Inspetor Lorival Carrijo da Rocha e Maria de Fátima Pina de Sousa
Fonte: SINIPRF-BRASIL
Inspetor Acir da Fonseca Dantas
Diretor de Divulgação e Comunicação do SINIPRF-BRASIL

ImprimirEmail