• Atividades Políticas

PRF – A Polícia do Brasil

A Polícia Rodoviária Federal segue em frente fazendo o seu belo trabalho de salvar vidas e cumprir o seu papel constitucional, mesmo em face das enormes dificuldades pelas quais sempre passou. Com o seu efetivo de aproximadamente 10.000 homens, embora o ideal seja de no mínimo 20.000, desdobra-se através dos seus valentes policiais, para policiar e patrulhar quase 60.000 quilômetros de rodovias federais, estradas por onde passam centenas de milhares de veículos, transportando 70% das riquezas do país e realizando o principal meio de transporte de passageiros da nação. Somando-se o transporte de carga e de passageiros realizado no país, totaliza 97%.

O baixo efetivo da PRF faz com que um esforço gigante seja empreendido para corresponder com as suas obrigações, uma vez que, ainda não se conseguiu ampliar o número de cargos da PRF para uma quantidade ideal. Esta situação obriga muitos postos de fiscalização da PRF espalhados em todas as rodovias federais, de norte a sul, de leste a oeste, a escalarem um número reduzido de policiais nas equipes diuturnas de serviço, deixando-os vulneráveis à ação de marginais, que a cada dia se tornam mais ousados em desafiar os poderes constituídos do Estado, com armamentos pesados e ações criminosas sofisticadas.

Diante desta realidade, com o agravamento da violência desafiadora em todos os níveis da sociedade, a população brasileira, que usa as rodovias federais do país para se locomover, vive sob medo permanente, tornando-se imprescindível e imediato, a aquisição de mais viaturas e a renovação da frota, equipamentos de segurança para uso do policial em serviço, modernização de todos os postos, armamento mais adequado, e a realização de concurso público urgente.

O Siniprf-Brasil, entidade sindical que representa os Inspetores da Polícia Rodoviária Federal, legitimamente criado, cumprindo e obedecendo  todos os ditames legais exarados no elenco jurídico nacional pertinente, consubstanciado nos dispositivos constitucionais e infraconstitucionais, com base territorial nacional, visando o crescimento e aperfeiçoamento profissional de seus filiados, empenhado na defesa da instituição Polícia Rodoviária Federal, objetivando o desenvolvimento e aprimoramento das atividades profissionais desenvolvidas nas áreas de segurança pública e de segurança do trânsito Brasileiro, preocupado com esta situação,  desfraldou a bandeira, não só da representação e defesa dos seus, como também da instituição a que está vinculado.

Olhando para trás, examinando com acuidade o presente, com o olhar fixo no futuro, é possível enxergar sob o pálio da história no decorrer desses longos anos (ontem), que homens e mulheres denodados contribuíram de forma significativa e inquestionável para trazer esta Polícia, amada por todos os prf’s dignos de vestirem o seu uniforme, até aqui (hoje); e, seguindo em frente (futuro), verem-se estimulados a continuar na construção da PRF – a Polícia do Brasil, mesmo debaixo dos prognósticos mais pessimistas e de desconstrução, a chegar onde ansiamos que ela chegue. Pois, uma coisa é dizer, outra é fazer.

O Siniprf-Brasil vem reafirmar a todos aqueles que têm engrossado suas fileiras – algumas centenas – que o nosso compromisso está firmado, nada nos deterá, corresponderemos à expectativa de todos aqueles que sonham conosco e ampliaram sua visão para além do ego; e, da nossa nação, que reconheceu a necessidade da nossa existência para contribuir na realização da segurança pública, auxiliar nosso Departamento na busca de meios que reduzam as mortes em acidente de trânsito, na proteção do patrimônio e na incolumidade das pessoas, na preservação do meio ambiente, no combate ao crime organizado, e em melhores condições de trabalho e de salários.

E mais:
- Cumprimento da lei nas atribuições específicas do Inspetor e o reconhecimento que a classe requer;
- Estruturação do quadro de insígnias;
- Valorização e inclusão do PRF aposentado na PRF;
- Um plano de saúde que atenda com decência os seus filiados;
- Contribuir com o órgão – PRF – para o seu crescimento.

Maurício Carvalho Maia
Presidente

ImprimirEmail